Paulo Fonteles recebe homenagem

Redação Por: Redação

Política Destaques

1341 Visualizações

Publicado em 07/12/2017 09:00h

Paulo Fonteles recebe homenagem

Jone Carlos, Sandra Batista José Edmilson falam sobre a homenagem a Fonteles neste sábado

Neste sábado (9), a partir das 15h30, no plenário da Câmara Municipal de Marabá (CMM), acontece uma homenagem em memória a Paulo Fonteles Filho, militante do PCdoB, que faleceu no dia 26 de outubro deste ano, vítima de ataque cardíaco. Trata-se de um ato cultural e político, que reunirá não apenas os membros do partido, mas representantes de diversos setores da comunidade de Marabá e região, além de lideranças políticas e populares de várias partes do País. Está confirmada, inclusive, a vinda da deputada estadual Manuela D'Ávila, pré-candidata à presidência da República pelo PCdoB (RS).

Para falar sobre a programação deste sábado, estiveram na Redação do Jornal Correio, Sandra Batista, da Comissão Política Estadual; Jone Carlos Neves, secretário de Finanças do Comitê Municipal; e José Edmilson Oliveira, presidente do Comitê Municipal do PCdoB. Eles deixaram claro que todos os militantes do partido estão convocados para esta homenagem a Fonteles. “Ele dedicou sua vida na luta pela defesa do socialismo e dos direitos humanos”, disseram.

Durante a programação em homenagem a Paulinho Fonteles (como era conhecido), serão declamados poemas e será feita uma homenagem, falando da militância política e social dele, desde os tempos de movimento estudantil, sua carreira política (eleito duas vezes vereador em Belém), até chegar à história que ele construiu na Comissão da Verdade e na luta pela memória dos mortos e torturados na guerrilha do Araguaia, uma militância que envolveu o acesso a direitos por parte dos camponeses que combateram o regime militar no Brasil.

Estão previstas caravanas de camponeses dos municípios de Brejo Grande do Araguaia, São Domingos do Araguaia, Palestina do Pará e São João do Araguaia, além de municípios do Tocantins, localizados na região do Bico do Papagaio, onde ocorreu a guerrilha.

De acordo com Sandra Batista, quem deve se fazer presente ao evento também é a viúva de Paulo Fonteles, Angelina Di Angelis, e a mãe dele, Hecilda Fonteles Veiga, que sofreu nos porões da ditadura quando estava grávida de Fonteles. Além disso, deputados do PT e do PCdoB também estão confirmados, assim como representantes do Instituto Paulo Fonteles.

Reunião

Um pouco antes do ato em homenagem a Paulinho Fonteles Filho, mais precisamente às 14 horas, está prevista uma reunião da deputada Manuela D'Ávila, pré-candidata a presidente pelo PCdoB, com representantes dos diversos setores da sociedade local, inclusive representantes do comércio, da indústria (empregados e patrões) e também produtores rurais e ativistas do MST.

Na ocasião, a deputada vai apresentar as propostas do partido para a crise política e econômica do País e também ouvirá propostas por parte dos representantes dos vários segmentos que com ela se reunirão na sala de comissões da Câmara Municipal.

SAIBA MAIS – A avenida principal de acesso ao Campus III da Unifesspa em Marabá, no loteamento Cidade Jardim (Cidade Universitária), passará a se chamar Paulo Fonteles Filho. A proposta de alteração do nome, que já foi autorizada pela Câmara Municipal de Marabá, é de autoria do vereador Gilson Dias, do PCdoB, acolhendo uma sugestão apresentada pelo reitor da Unifesspa, Maurílio de Abreu Monteiro.

(Chagas Filho)

Paulo Fonteles recebe homenagem[1]

Comentários

Deixa seu comentário abaixo sobre esta notícia: