Mostra Sesc de Cinema começa na próxima segunda-feira

Redação Por: Redação

Cultura Destaques

464 Visualizações

Publicado em 17/11/2017 10:23h

Mostra Sesc de Cinema começa na próxima segunda-feira

Tem início na próxima segunda-feira (20) a Mostra Sesc de Cinema com duração até a sexta seguinte (24). O objetivo do evento é promover a difusão da produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição. A Mostra Sesc de Cinema pretende contribuir para o campo audiovisual sendo um espaço de lançamento e promoção de artistas de todo o país, principalmente aqueles que não teriam acesso aos espaços comerciais de exibição.

Além da premiação com um contrato de licenciamento para exibição pública, a Mostra Sesc de Cinema certifica os destaques de melhor roteiro, filme, direção de fotografia, desenho de som, direção de arte, direção de elenco e montagem.

Dois filmes paraenses foram indicados para a Mostra Nacional como destaques "Pedaços de Pássaros" e "A Batalha de São Brás".  Serão exibidos em Marabá curtas-metragens selecionados por uma equipe de especialistas para essa Mostra, entre documentários, filmes de ficção, com os mais diversos temas e olhares.

De segunda a quarta, a Mostra ocorrerá à tarde, priorizando estudantes do ensino básico. Na quinta e sexta, a Mostra é aberta ao público em geral.  Após cada sessão, haverá um bate-papo com o público, mediado por realizadores do audiovisual em Marabá. (Divulgação)

 

Confira a programação:

Segunda (20/11), Terça (21/11)  e Quarta (22/11), às 15 horas

Filmes (1h34m): Tempo de Bola, Memórias do Cine Argus, Amor, Viva o Auto, Toura, A Batalha de São Brás

Comentarista:  Unifesspa, Semed

Sexta (24/11/2017), 19 horas

Filmes:  Memórias do Cine Argus, Pedaços de Pássaros, Viva o Auto, Toura, O caminho das pedras, A Batalha de São Brás

Comentarista: Unifesspa, Semed

Um pouco sobre cada filme:

Memórias do Cine Argus 
de José Edivaldo Moura (Castanhal)
Doc | 19min 50s | 2014 | 12 anos 
O Cine Argus movimentou a vida cultural da cidade de Castanhal, no nordeste do Pará, e  influenciou diversas gerações durante seu período de funcionamento, de 1938 até seu fechamento em 1995. O filme recupera a história desse importante cinema de rua, através do entrelaçamento.

Viva o Auto

de Edielson Vidal Shinohara (Belém, bairro Bengui)
Doc | 14min 58s | 2016 | Livre
O Auto do Círio, espetáculo de rua de Belém-PA e patrimônio histórico e cultural, ligado ao Círio de Nazaré, pelo olhar dos seus personagens. A entrega, a paixão e as experiências pessoais e coletivas que garantem o espetáculo e tudo o que ele representa na vida dos participantes. Uma ligeira abordagem sobre o seu valor afetivo.

A Batalha de São Brás
de Adrianna Oliveira (Belém, bairro Nazaré)
Doc | 26min 07s | 2016 | Livre
Mercado de São Brás, Belém, Pará, Norte do Brasil. Durante o dia, o espaço é uma feira em um prédio histórico abandonado, construído em um época de grande riqueza na cidade. Mas nos sábados à noite, o lugar se transforma em uma das manifestações do hip-hop: a Batalha de MC’s. Jovens da periferia da cidade se reúnem para saber quem é o melhor MC da noite.

Tempos de Bola
de Thiago de Moraes Souza (Belém, bairro Terra Firme)
Ficção | 1min | 2014 | Livre
O futebol é o responsável por uma lembrança do passado e uma grande surpresa.

Pedaços de Pássaros
de Andrei Miralha e Marcílio Costa (Belém, bairro Coqueiro)
Animação | 13min 12s | 2015 | Livre

O pássaro como metáfora das relações do homem no mundo contemporâneo. Fragmentos, pedaços da vida cotidiana abordados poeticamente.

O caminho das Pedras
de Fernando Segtowick e Alexandre Nogueira (Belém, bairro Nazaré)

 Doc | 26min 01s | 2016 | Livre
As histórias de luta dos moradores do Quilombo do Abacatal no Pará.

Toura
de Erik Paiva Lopes (Ananindeua)
Ficção | 12min 48s | 2016 | 12 anos
Uma ex-vocalista de punk (Kathúcia Barbosa) reflete sobre a decisão de abandonar os palcos de vez e encarar o mercado de trabalho após o fim do Toura, marcante e engajada banda punk da qual fazia parte. Ao ser reverenciada no palco por uma banda nova sente sua paixão pela música reacender.

Amor
de Roger Pinheiro Braga da Rocha (Belém, bairro Marambaia)
Doc | 18min 46s | 2015 | 12 anos

O que é o amor na visão de diferentes pessoas.

 

(Divulgação)

Comentários

Deixa seu comentário abaixo sobre esta notícia: