Mecânico é crivado de balas em cima de moto

Redação Por: Redação

Polícia Destaques

2224 Visualizações

Publicado em 14/11/2017 09:14h

Mecânico é crivado de balas em cima de moto

Curiosos se aglomeram em volta do corpo da vítima, encoberto por um pano

Por volta das 15 horas desta segunda-feira (13), o mecânico de motos, Antonio Carlos Lima da Costa, conhecido como “Maranhão”, de 34 anos, foi morto a tiros quando trafegava de moto na Rua Aquilino Sanches, vila Murumuru, a 6 km do Núcleo Morada Nova. No local do crime, imperava a lei do silêncio e até ontem a polícia ainda não tinha pistas sobre a autoria do crime ou as motivações.

As informações que foram repassadas para a polícia são de que ele chegou a dar carona a um amigo na garupa da moto instantes antes de ser executado. De acordo com o policial militar Lucas, do Posto Policial Destacado (PPD) de Morada Nova, ninguém informou se o crime foi perpetrado por um ou mais criminosos ou se estes estavam de moto ou em outro veículo.

Natural de Barra do Corda, no Maranhão, a vítima tinha uma oficina de motocicletas em Murumuru e já morava em Marabá havia 11 anos. Não há informação de que ele tivesse envolvimento com a criminalidade em Marabá; teve apenas pequenas confusões no Maranhão, antes de vir embora de lá, segundo informou a viúva dele, Jucilene Silva.

Ainda de acordo com ela, o marido gostava de trocar de moto e ultimamente estava com uma motocicleta de 300 cilindradas, mas ela deixa claro que não sabia dos negócios do falecido, por isso não pôde dizer qual teria sido a motivação do assassinato, praticado em plena luz do dia no centro da localidade e pertinho da casa onde morava.

“Maranhão” deixou dois filhos órfãos de pai, sendo uma menina de 8 anos e um rapazinho de 11, inclusive o garoto disse ter ouvido os disparos que tiraram a vida de seu pai. (Chagas Filho com informações de Josseli Carvalho)

Comentários

Deixa seu comentário abaixo sobre esta notícia: