Esporte ganha novo status em audiência

Redação Por: Redação

Esportes Novidades

245 Visualizações

Publicado em 09/11/2017 09:58h

Esporte ganha novo status em audiência

Audiência sobre esportes durou cinco horas e já recebeu sinalizações de mudanças no Orçamento e PPA do município

Foram cinco horas de discursos, discursos e mais discursos na manhã e tarde desta quarta-feira, dia 8, no Plenário da Câmara Municipal de Marabá. Mas também houve promessas que poderão dar suporte às mais de 40 modalidades esportivas que estão sendo praticadas no município, atualmente, caso sejam colocadas em prática.

O evento foi uma proposição do presidente da Comissão de Esportes da Câmara Municipal de Marabá, Marcelo Alves, e reuniu representantes do governo do Estado, Assembleia Legislativa do Estado, Prefeitura Municipal, entidades esportivas e atletas.

A mesa diretiva foi formada pelo vereador Pedro Corrêa, presidente da Câmara; Antônio Carlos Cunha Sá, vice-prefeito de Marabá; da Assembleia Legislativa do Pará, o deputado estadual Dirceu ten Caten; representando o Governo do Pará e a Secretaria de Esporte e Lazer do Estado, Kátia Rocha; secretário de Esporte e Lazer Municipal; Eloi Ribeiro; o secretário de Educação de Marabá,  Luciano Dias; Antônio Carlos Gomes Júnior, das universidades públicas e privadas; Adebral Favacho Júnior, da OAB-Pará; André de Souza, do Conselho Tutelar; e.

Marcelo disse que a audiência é um marco e será um divisor de águas na condução do esporte marabaense. “Se Deus quiser, teremos mais atletas sendo coroados e mais jovens tendo inclusão na sociedade. Há muitos anos a classe esportiva de Marabá ansiava pela realização de um evento desse tipo, onde a pauta fosse o desenvolvimento do esporte amador e profissional, nas suas mais diversas modalidades e especificidades. As entidades desportivas provocaram a Câmara para que houvesse um grande encontro dos desportistas, e para que chegasse a esse momento aconteceram 5 reuniões prévias”, revelou.

Eriomar Pereira de Souza, presidente da Amesp (Associação Marabá Esportes) mostrou como funciona a entidade, comparando-a a guarda-chuva para abrigar todas as modalidades esportivas, contando ainda com projetos socioesportivos como Amesp vai à Escola, Centro de Iniciação Esportiva e Caravana do Esporte, que têm como intuito a divulgação, implementação e efetivação de outras modalidades esportivas na comunidade marabaense, e não apenas o futebol.

Eriomar destacou o empenho de vereadores para dobrar o orçamento da SEMEL, saindo de R$ 3 milhões para R$ 6 milhões no Orçamento de 2018, que deve ser aprovado na Câmara.

Toni Cunha, vice-prefeito de Marabá, disse que não sabia que havia tantas modalidades sendo praticadas no município e elogiou a organização do evento. A droga, segundo ele, é a grande fábrica de violência urbana, criando um círculo que precisa se alimentar. “O principal combate é evitar que crianças entrem no mundo do crime. Depois que entra, salvo raras exceções, é caixão e vela preta”, lamentou.

Pedro Corrêa, presidente da Câmara, parabenizou o vereador Marcelo pela proposição e condução da audiência pública. Disse que existem várias atividades que o vereador tem de cumprir, e que os avanços que ocorrem na cidade passam pela Câmara. “Tenho muito orgulho de presidir essa Casa. Estamos plantando uma semente para colher bons frutos mais adiante”, destacou.

Para o presidente da Câmara, a audiência pública vai abrir mais as portas do Executivo para apoiar ainda mais as atividades esportivas. Na visão dele, os recursos devem aumentar nos próximos anos para o esporte local.

Ao final, Marcelo Alves sintetizou os encaminhamentos que foram tirados da reunião, citando a motivação do governo municipal para mandar à Câmara projeto para Conselho Municipal do Esporte; Criação do Museu do Esporte para resgatar a memória de desportistas que fizeram história na cidade; criação do Fundo Municipal do Esporte, cujo projeto será apresentado pelo vereador Pedro Corrêa; criação do Conselho Municipal do Esporte. Garantir no Plano Plurianual R$ 24 milhões para os próximos quatro anos para a Secretaria de Esportes. (Ulisses Pompeu)

Comentários

Deixa seu comentário abaixo sobre esta notícia: