DMTU divulga detalhes da intervenção no trânsito

Redação Por: Redação

Cidades Diversas

455 Visualizações

Publicado em 12/10/2017 07:54h

DMTU divulga detalhes  da intervenção no trânsito

Neste mapa, em vermelho e verde, o trajeto da romaria de domingo

A multidão envolvida nas principais procissões do Círio de Nossa Senhora de Nazaré exige todos os anos a montagem de um esquema especial de trânsito, por parte das autoridades do setor, para tentar minimizar o impacto do isolamento de vias públicas, assim como garantir a segurança dos romeiros que acompanham a romaria. Nesta quarta-feira (11) o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) divulgou o planejamento para esse trabalho e as vias a serem utilizadas pela procissão no domingo, dia 15.

As mudanças começam logo pelas Avenidas Getúlio Vargas e Antônio Maia que estarão totalmente interditadas, sendo assim fica proibido o estacionamento de veículos em ambos sentidos da via no horário das 5 horas às 9 horas, deixando a via totalmente livre para a passagem do Círio.

Na VP-8, no perímetro entre a Rodovia BR-230 e a rotatória da Vila Militar Castelo Branco, devido à estreita largura da via, será proibido o estacionamento de veículos em ambos sentidos da via, no horário das 7 horas às 10 horas.

Já no perímetro que compreende as vias VP-8 e VE-3, entre a rotatória da Vila Militar Castelo Branco e o retorno do “Campo Piçarrão”, fica proibido o estacionamento de veículos apenas no sentido da via das Folhas 32 e 31, no horário das 7 horas às 11 horas.

Quanto ao perímetro final correspondente, as Av. VP-7 e VP-3, por não possuírem uma largura adequada e por serem o trajeto final no evento, ficarão proibidos estacionamentos de veículos em ambos os lados da via, no perímetro no horário das 8 horas às 12 horas.

De acordo com o diretor do DMTU, Jocenilson Silva, as alterações serão feitas  para que seja realizado o evento, com eficiência e com o menor transtorno possível à sociedade e ao trânsito. (Da Redação, com Ascom PMM)

 

Comentários

Deixa seu comentário abaixo sobre esta notícia: