Com menos de 60 dias, Gaiola das Loucas prepara “purpurina” para o Carnaval

Blocos independentes preparam abadás e tentam correr contra o tempo para organizar o evento

Redação Por: Redação

Cultura Destaques

1353 Visualizações

Publicado em 15/12/2017 07:40h

Com menos de 60 dias, Gaiola das Loucas prepara “purpurina” para o Carnaval

Bloco Gaiola das Loucas leva irreverência para o Carnaval de Rua no núcleo Cidade Nova

A diretoria do Bloco Gaiola das Loucas vem se reunindo semanalmente para organizar o desfile de um dos maiores blocos carnavalescos de rua do interior do Pará. Desde 1985, já se passaram 32 anos de muita ousadia e irreverência pelas ruas do complexo Cidade Nova.

Em tempos de crise econômica, a equipe de coordenação vem utilizando de toda a experiência adquirida para organizar a concentração e o desfile do bloco da melhor forma possível, sempre colocando o bem estar do folião em destaque. Como sempre, a agremiação carnavalesca conta com apoio dos patrocinadores, órgãos de segurança e da Prefeitura Municipal de Marabá para realização do evento.

Em 2018, a concentração e o arrastão do bloco irão acontecer, como de costume, na Praça do Novo Horizonte, a partir de 12 horas, dia 13 de fevereiro de 2018, portanto a menos de 60 dias. Os abadás já estão sendo providenciados, assim como todo aparato de estrutura e segurança para realização do tradicional “Arrastão do Gaiola das Loucas”. “Aqui, só desfila quem se garante”, argumenta Chefe Evaldo, Presidente.

Nos últimos anos, o bloco vem recebendo turistas de várias cidades do Brasil, curiosos para conhecer o carnaval de rua de Marabá.

A Prefeitura já contratou um trio elétrico para atender os blocos independentes, como Gaiola Das Loucas, Vai Quem Quer, Jegue Elétrico e um quarto de Morada Nova, que formam o circuito oficial do carnaval rua.

HISTÓRIA

Uma simples brincadeira entre amigos na década de 80, transformou-se em um dos maiores eventos culturais do estado do Pará. “As pessoas aproveitam o feriado para viajar ou descansar, mas na terça-feira de carnaval todos estão de volta à cidade para participar do Gaiola das Loucas”, comentou Raimundo Neto, fundador do bloco. Como diz o bom baiano Caetano Veloso, “Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”. "Força na peruca, o carnaval já começou".

(Com informações do blog do Pedro Souza)

Comentários

Deixa seu comentário abaixo sobre esta notícia: