(Foto: Cacia Medeiros)

Numa solenidade que contou com a presença do governador eleito do Pará, Helder Barbalho, o ministro da Integração Nacional, Antônio Pádua Andrade presidiu a entrega de 80 retroescavadeiras nesta quinta-feira (8), no Terminal de Contêineres do Porto de Belém. O investimento é de R$ 50,6 milhões e Helder, ex-ministro, participou do trabalho para liberação do recurso.

FUTURO MELHOR POSTAGEM
ALICERCE
TH SISTEMAS
FUTURO POSTAGEM KIDS
FUTURO MELHOR REDACAO

As máquinas foram entregues pelo Ministério da Integração Nacional através de emendas da bancada paraense e são destinadas para 59 municípios do Estado.

Participam da cerimônia políticos como o senador Jader Barbalho, a deputada federal Elcione Barbalho, o senador eleito Zequinha Marinho e outras autoridades como deputados estaduais e federais.

Os equipamentos fazem parte de um conjunto de ações da Pasta para melhorar a infraestrutura das cidades e promover o desenvolvimento regional nas localidades contempladas. Com a nova entrega, 58 municípios paraenses serão beneficiados, favorecendo uma população de mais de 3,2 milhões de pessoas.

O maquinário poderá ser utilizado para o conserto de estradas, buracos, liberação de vias afetadas por enxurradas, como até a remoção de materiais diversos, auxiliando a execução das obras e outros serviços.

Ao todo, em 2017, a União em conjunto com a bancada federal do Pará asseguraram 226 equipamentos para atender as prefeituras. O valor total dos equipamentos  é de R$ 61,3 milhões, dos quais R$ 50,6 milhões são de emenda da bancada e R$ 10,7 milhões do Ministério da Integração Nacional. Em abril, 99 equipamentos foram entregues pelo o órgão, tais como retroescavadeiras e motoniveladoras. A expectativa é de que o restante das máquinas também sejam concedidas às Prefeituras até dezembro deste ano.

A parceria entre a bancada do Pará no Congresso Nacional e o Ministério da Integração tem sido um instrumento importante para impulsionar  o desenvolvimento da região. Ao capacitar os municípios, as prefeituras poderão ampliar sua capacidade em resolver transtornos prejudiciais aos negócios das comunidades, contribuindo para respostas mais rápidas às demandas dos cidadãos.

Nos últimos dois anos (2016-2017), os esforços nessa iniciativa renderam à população paraense 398 máquinas, que somam um investimento federal superior a R$ 100 milhões. (Da Redação, com MIN)

ROMANCE FAVORITA
DEPNEUS
TH SITES HORIZONTAL
RADIO CORREIO HORIZONTAL