Foto: reprodução

Mais uma tentativa de deixar a cadeia por parte do ex-prefeito de Marabá, João Salame Neto, resultou em nada junto à Justiça Federal. Agora, quem negou habeas corpus a ele foi o desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, situado em Brasília.

FUTURO POSTAGEM KIDS
FUTURO MELHOR REDACAO
TH SISTEMAS
FUTURO MELHOR POSTAGEM
ALICERCE

O Juiz Federal Heitor Moura Gomes, titular da 2ª Vara Federal de Marabá, já havia indeferido o pedido há pouco mais de uma semana. Salame foi preso no último dia 18, pela Polícia Federal, em decorrência da Operação Partialis, por suspeita de envolvimento em um esquema que desviou mais de R$ 2 milhões em recursos públicos federais destinados a aquisição de gases medicinais para o Pará.

A defesa se baseou no conteúdo do depoimento prestado por Salame após a prisão para pedir a liberação dele, porém o desembargador responsável pela decisão entendeu que a prisão deve ser mantida por necessidade de se garantir a ordem econômica e pela conveniência da instrução criminal, além de questionar pontos fixos apontados pela defesa. (Luciana Marschall)

RADIO CORREIO HORIZONTAL
TH SITES HORIZONTAL
DEPNEUS
ROMANCE FAVORITA